Câmara celebra os 100 anos das novenas de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Nesta terça-feira (7), a Câmara Municipal de Curitiba celebrou a passagem dos 100 anos do Jubileu Mundial das novenas dedicadas à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Tico Kuzma (Pros), presidente da Câmara e propositor da homenagem, esteve à frente da solenidade.

>>> Clique AQUI para conferir todas as fotos do evento.

O evento também contou com a presença das seguintes autoridades: Eduardo Pimentel, vice-prefeito de Curitiba, representando o prefeito Rafael Greca; vereador Alexandre Leprevost (Solidariedade), primeiro-vice-presidente da Câmara; padre Celso Vieira da Cruz, reitor do Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro; padre Sérgio Lima, vigário; padre William Adriano, vigário; padre Olinton Ferreira Gomes; Eliane Negrini, coordenadora das pastorais e movimentos do Santuário do Perpétuo Socorro; Márcia Cecília Huçulak, ex-secretária de saúde do Município de Curitiba; e o vereador Herivelto Oliveira (Cidadania). Também presente estava o deputado estadual Evandro Araújo.

Um vídeo produzido pelo Santuário do Perpétuo Socorro esclareceu que a devoção à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro teve início em 1866, quando o Papa Pio IX ofereceu o ícone do Perpétuo Socorro aos missionários redentoristas. Em 1922, na cidade de Saint Louis, no estado americano do Missouri, foram realizadas as primeiras novenas, por iniciativa do padre André Brown. Em Curitiba, a prática se iniciou nos anos 60, quando oito fiéis se reuniram na antiga Capela da Glória, templo construído em 1895 que ficava na propriedade que sediava o engenho de mate do barão Fasce Fontana, industrial do mate. O local era situado no antigo Caminho da Marinha, que depois veio a se chamar Boulevard 2 de julho e, posteriormente, foi batizado como avenida João Gualberto. No início dos anos 1970, surge o atual Santuário no Alto da Glória.

Para Tico Kuzma, propositor da homenagem, é impressionante pensar que aquele pequeno movimento que não envolvia sequer 10 pessoas em seu início, se multiplicou e hoje reúne mais de dois milhões de pessoas por ano. “Todas reunidas em torno de uma só fé. É uma honra para mim realizar esse ato solene em reconhecimento ao trabalho espiritual e social desenvolvido pelo Santuário do Perpétuo Socorro, uma das mais representativas referências da Igreja Católica em Curitiba”, disse o vereador. Ele lembrou que no campo das ações sociais, o Santuário mantém o Centro Redentorista de Ação Social e a Comunidade Terapêutica, que tem por objetivo valorizar a cidadania e reinserir na vida civil e no mercado de trabalho pessoas em vulnerabilidade social.

Tico destacou que as comemorações têm acontecido desde outubro de 2021 e, em Curitiba, foram marcadas pela procissão luminosa que saiu da Capela da Glória, marco inicial da devoção dos curitibanos à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em direção ao Santuário atual, onde foi celebrada uma missa solene. Ele também lembrou que no último domingo o Santuário realizou a segunda corrida da Igreja do Perpétuo Socorro, que teve a iniciativa de Marcelo Fortunato, da Comunidade Terapêutica. O presidente da Câmara disse ser um devoto desde 2004, quando compareceu à novena seguindo os conselhos de sua avó Helena. Emocionado, o vereador enfatizou a importância que a fé em Nossa Senhora do Perpétuo Socorro exerce em sua vida e mencionou a presença entre o público de sua mãe Lindamir e de sua esposa Polyana. “Minha fé em relação à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é um compromisso que renovo toda semana”, disse o vereador que também é autor da lei que incluiu no Calendário de Eventos de Curitiba a Festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, celebrada anualmente no dia 27 de junho.

Centenário da devoção Mariana
Em vídeo, o prefeito Rafael Greca congratulou o Santuário pela passagem dos 100 anos da devoção Mariana. “Os servos de Maria nunca perecerão. Essa é a fé do coração da Margarita e do meu. É a fé de todos os devotos de Nossa Senhora, celebrizada em Curitiba com o nome de Perpétuo Socorro. Acerta o vereador Tico Kuzma em levar essa celebração para a Câmara Municipal”, declarou o prefeito.

O vice-prefeito Eduardo Pimentel lembrou que a Capela da Glória foi revitalizada no início da atual gestão da prefeitura, entre os anos de 2017 e 2018. Ele disse que frequenta as novenas em companhia de sua mãe e que a relação de sua família com a devoção à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é antiga. “Fico imaginando a quantidade de milagres que acontecem nas vidas daqueles que depositam sua fé em Nossa Senhora e frequentam as novenas do Perpétuo Socorro”.

Agradecimento
Para o padre Celso Cruz, reitor do Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, “a fidelidade e a perseverança de muitas famílias possibilitaram que essa fé chegasse nos dias atuais aos nossos corações. Nossa responsabilidade é perpetuar essa devoção”. O religioso lembrou que na Bíblia é relatado que Salomão teria pedido a Deus sabedoria para lidar com as questões políticas. Da mesma forma, o padre Celso reza para que Deus conceda sabedoria aos atuais vereadores de Curitiba, para que tenham discernimento em suas decisões. Ele agradeceu ao vereador Tico a homenagem. O diácono Edilson Costa leu uma carta datada de 8 de fevereiro de 1967, em que um devoto revela ter recebido uma graça de Nossa Senhora e que colaborava com 50 mil cruzeiros para a construção do novo templo, que até aquele momento era apenas um projeto.

O evento também contou com a presença das seguintes autoridades: Eduardo Pimentel, vice-prefeito de Curitiba, representando o prefeito Rafael Greca; vereador Alexandre Leprevost (Solidariedade), primeiro-vice-presidente da Câmara; padre Celso Vieira da Cruz, reitor do Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro; padre Sérgio Lima, vigário; padre William Adriano, vigário; padre Olinton Ferreira Gomes; Eliane Negrini, coordenadora das pastorais e movimentos do Santuário do Perpétuo Socorro; Márcia Cecília Huçulak, ex-secretária de saúde do Município de Curitiba; e o vereador Herivelto Oliveira (Cidadania). Também presente estava o deputado estadual Evandro Araújo.

A cerimônia teve a participação musical da soprano Marise Farias, do solista Luis Fernando Farias e do pianista Paulo Kuhn.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe em suas mídias sociais!

WhatsApp
Facebook
Twitter
E-mail

Receba notícias no seu e-mail

Assine a newsletter e fique por dentro
do meu trabalho como vereador.