Câmara confirma flexibilização das máscaras em Curitiba

Nesta quinta-feira (17), em sessão extraordinária, os vereadores da Câmara Municipal de Curitiba confirmaram, em segundo turno, o projeto de lei que revoga sete trechos da lei municipal 15.799/2021. A iniciativa seguiu para sanção do Executivo e, após publicada no Diário Oficial do Município sem vetos, a Prefeitura de Curitiba seguiu a decisão do governo estadual, retirando a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos. A nova regra passou a valer na capital paranaense a partir de quinta-feira (17/3).

Neste segundo turno, foram 33 votos positivos e 3 contrários, ampliando a votação favorável da véspera. Diferentemente do dia anterior, quando a discussão demorou duas horas, o debate se restringiu a meia hora, na maioria de apoio à iniciativa. “A Câmara mais uma vez cumpriu o seu papel e em tempo recorde discutiu e aprovou uma lei para permitir que a Prefeitura de Curitiba flexibilize o uso de máscaras, em sintonia com o que foi feito pelo Governo do Estado”, afirmou Tico Kuzma (Pros), presidente do Legislativo.

Pela nova regra estadual, a obrigatoriedade da máscara de proteção contra a covid-19 ainda está mantida em ambientes fechados, exceto para menores de 12 anos. O decreto estipula também o uso obrigatório em pontos de ônibus, terminais e rodoferroviária.

“É importante lembrar que a pandemia ainda não acabou. Continue seguindo as orientações das autoridades de saúde. Além disso, esta flexibilização só foi possível graças aos esforços de vacinação, portanto é fundamental que as pessoas fiquem atentas ao calendário vacinal”, lembrou Kuzma.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe em suas mídias sociais!

WhatsApp
Facebook
Twitter
E-mail

Receba notícias no seu e-mail

Assine a newsletter e fique por dentro
do meu trabalho como vereador.