Cigarros eletrônicos não podem ser utilizados em locais fechados, alerta Tico Kuzma

Autor da lei Antifumo (lei municipal 13.254/2009), que baniu o cigarro dos locais fechados em Curitiba, o vereador Tico Kuzma (Pros) fez um alerta na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) sobre os riscos à saúde dos usuários dos Dispositivos Eletrônicos para Fumar (DEFs), popularmente conhecidos como cigarros eletrônicos. O vereador também sugeriu, por meio do requerimento 205.00162.2022, que a Prefeitura retome a realização de blitze educativas para orientar sobre a proibição do consumo de produtos fumígenos em bares, restaurantes, casas noturnas, bem como em todos os locais fechados.

Kuzma alega ter recebido denúncias sobre o uso indiscriminado de cigarros eletrônicos, principalmente nas casas noturnas. “A Lei Antifumo de Curitiba, bem como uma lei estadual, já proíbem o uso de qualquer produto fumígeno, derivado ou não do tabaco. No entanto, muitos estabelecimentos não estão fiscalizando e exigindo que as pessoas não usem esses dispositivos eletrônicos, vindo a contrariar a legislação”, argumentou o vereador.

O parlamentar pediu a colaboração dos proprietários dos estabelecimentos, para que orientem seus clientes, e informem sobre a proibição. “Sempre tivemos a colaboração dos empresários e sei que não será diferente neste momento. A ideia é orientar, para que não sejam necessárias as punições por parte do poder público”.

Campanhas educativas
Na mesma proposição, o parlamentar, que é presidente da Câmara Municipal, pede que a Prefeitura crie uma campanha educativa para alertar sobre os riscos e malefícios à saúde causados aos usuários dos cigarros eletrônicos. “Existe uma falsa ideia de que os DEFs são inofensivos, mas isso não é verdade. Há vários estudos científicos que alertam para problemas de saúde que podem surgir para quem fuma nestes dispositivos”, concluiu.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe em suas mídias sociais!

WhatsApp
Facebook
Twitter
E-mail

Receba notícias no seu e-mail

Assine a newsletter e fique por dentro
do meu trabalho como vereador.