Câmara de Curitiba recebe demandas de conselheiros tutelares

Um grupo de conselheiros tutelares, que integra a comissão de orçamento do órgão, foi recebido na presidência da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) nesta segunda-feira (4). Com representação de conselheiros de seis regionais, a comissão apresentou duas principais demandas: ter maior participação nas discussões sobre os projetos de lei do Plano Plurianual (2022-2025) e do orçamento da cidade para o próximo ano; e a criação de novos conselhos tutelares.

Os conselheiros foram recebidos pelo presidente Tico Kuzma (Pros), pelo vice-presidente Alexandre Leprevost (Solidariedade) e pela segunda-secretária Professora Josete (PT). “Alguns dos questionamentos que recebemos vamos verificar junto à prefeitura. Em relação às questões orçamentárias, encaminharemos para a Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização da Câmara, para que abram esse diálogo específico com os conselheiros”, explicou o presidente da CMC. Leprevost e Professora Josete se colocaram à disposição para o diálogo sobre as demandas.

Durante o encontro, os conselheiros pedem “participação efetiva” nas audiências públicas e outras atividades que tratem da definição do orçamento municipal relacionado ao órgão e à temática dos direitos das crianças e adolescentes. Presidente da comissão de orçamento, o conselheiro Carlus Lisboa, da regional Boa Vista, destacou que é necessária a criação de novos conselhos tutelares em Curitiba, especialmente para o cumprimento da Resolução 139 do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), que recomenda o estabelecimento de uma unidade do conselho para cada 100 mil habitantes.

“Em várias regionais de Curitiba o número de habitantes já ultrapassou os 300 mil, ou seja, a instalação de novos conselhos é imprescindível para poder garantir os direitos das crianças e adolescentes”, completou Lisboa. Em documento entregue à CMC, são apresentadas uma série de demandas desses profissionais, principalmente relacionadas à implantação de auxílios financeiros para o custeio de despesas com alimentação, saúde e transporte.

Também acompanharam as discussões os conselheiros tutelares Jucimara Cavalari, da regional Pinheirinho; Diego Lima, da regional Matriz; Marilai Cristiane Thimóteo, da regional Portão; Vilmar Constantino, da regional Boqueirão; e Sonia Braga, da regional CIC; e a chefe de gabinete da presidência da CMC, Waléria Maida.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe em suas mídias sociais!

WhatsApp
Facebook
Twitter
E-mail

Receba notícias no seu e-mail

Assine a newsletter e fique por dentro
do meu trabalho como vereador.