Audiência pública nesta quinta discute segurança nas maternidades

Os mecanismos de segurança adotados pelas maternidades da capital, para coibir raptos e troca de recém-nascidos, são tema de audiência pública da Câmara Municipal de Curitiba (CMC), nesta quinta-feira (3). A iniciativa é do presidente da Casa, vereador Tico Kuzma (Pros), autor do projeto de lei que sugere a adoção de nova tecnologia para a identificação dos bebês. A população poderá acompanhar a atividade pelos canais do Legislativo no YouTube, no Facebook e no Twitter, a partir das 14 horas.

Em discussão nas comissões da CMC, o projeto de Tico Kuzma foi protocolado em julho do ano passado, depois que uma mulher, se passando por enfermeira, tentou raptar um recém-nascido no Hospital do Trabalhador (005.00194.2021). A ideia central é que os bebês recebam uma pulseira de identificação com sensor eletrônico sonoro, que seria retirada somente na alta hospitalar (saiba mais).

“O protocolo desta proposta resultou, ainda ano passado, em uma oportunidade de diálogo com o setor de saúde. Estive com representantes das maternidades, que detalharam as medidas de segurança e os protocolos atualmente adotados”, afirmou Kuzma, na manhã desta quarta-feira (2), durante a discussão do requerimento para a realização da atividade (417.00001.2022).

Foram convidados para a audiência pública representantes da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e de maternidades da capital. O vereador acredita que com o debate será possível avaliar os procedimentos adotados pelo segmento e o que pode ser aprimorado, trazendo mais visibilidade ao assunto e tranquilidade aos pais.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe em suas mídias sociais!

WhatsApp
Facebook
Twitter
E-mail

Receba notícias no seu e-mail

Assine a newsletter e fique por dentro
do meu trabalho como vereador.